Adusp adverte: cuidado com as tentativas de golpe envolvendo ações judiciais! Não caia em golpes!

A Adusp e sua assessoria jurídica não solicitam pagamentos de qualquer valor para liberação de precatórios. Quem fizer esse tipo de solicitação age de má-fé para enganar a pessoa abordada.
 
As formas de abordagem dos golpistas são variadas: por e-mail, telefone e/ou por correspondência. Por vezes, usam o nome da advogada da Adusp ou de outro funcionário da entidade. Não dê nenhuma informação pessoal sem se certificar de que o(a) interlocutor(a) pertence à Adusp. 
 
Caso receba um contato suspeito, avise-nos por meio de um número de telefone reconhecidamente idôneo, diferente daquele pelo qual você foi  abordado(a).