Centenas de pessoas participaram da 2ª Passeata dos Bebês, que ocorreu em 28/8 na USP. A manifestação saiu da Creche Central e se dirigiu até a Reitoria, onde foram realizados um grande piquenique e oficinas com a participação de crianças e jovens. "O objetivo foi pedir ao Zago negociação urgente", explicou Ana Mello, uma das organizadoras. "As famílias fizeram uma bela carta e protocolaram na Reitoria". O texto, de apoio ao movimento de greve, virou petição eletrônica e teria recebido duas mil assinaturas.
 
A 1ª Passeata dos Bebês foi realizada em 1975, por iniciativa de um grupo de professoras, e deu origem, segundo Ana, à construção de diversas conquistas dos trabalhadores da USP, como as creches e o HU. "Hoje foi bonito, porque retomamos um pouco o debate", avaliou. "Organizamos durante a greve um seminário de educação básica para debater a situação das creches e da Escola de Aplicação. O seminário começou hoje, com a passeata".