No dia 1º de setembro aconteceu, na Assembléia Legislativa, a última audiência pública sobre a Lei Orçamentária (LO) para 2010. Estiveram presentes à audiência representantes dos mais variados movimentos da sociedade civil pleiteando recursos para moradias populares, recuperação dos salários dos professores da educação básica e os benefícios de seus aposentados, expansão do ensino superior público, ampliação da rede do Metrô para a periferia, entre diversas reivindicações.

Várias entidades do Fórum das Seis compareceram à audiência para cobrar dos deputados uma atitude republicana de autonomia do legislativo face às pressões do executivo. Nesse sentido, instaram os deputados a apresentarem emendas à LO, indicando transposições orçamentárias que endossem as conquistas obtidas na votação da LDO/2005, vetadas pelo então governador Geraldo Alckmin. Ou seja, pleitearam o aumento para 10% do repasse da quota-parte do ICMS para as universidades, 1% da quota-parte do ICMS para o Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza (Ceeteps) e aumento do total de recursos vinculados à educação no Estado, em todos os níveis, de 30% para 31% da receita de impostos.

O Fórum das Seis continuará atento ao andamento da construção da Lei Orçamentária para 2010 ao longo dos próximos meses.

 

Matéria publicada no Informativo nº 291

Utilizamos cookies

Utilizamos cookies neste site. Você pode decidir se aceita seu uso ou não, mas alertamos que a recusa pode limitar as funcionalidades que o site oferece.