Tendo tomado conhecimento, pela página WEB do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), de reunião ocorrida em 25 de maio de 2016 entre o Ministro interino, Gilberto Kassab, e o que o MCTI denomina “representantes da comunidade científica”, constatamos que, de fato, a única universidade ali presente, na pessoa do reitor Marco Antonio Zago e de outros professores, foi a USP.

Causa, no mínimo, apreensão essa rápida “articulação” da Reitoria com um governo cuja legitimidade é amplamente questionada, inclusive pela comunidade científica ali pretensamente representada. Com essa atitude, a Reitoria utiliza o prestígio nacional e internacional da USP para endossar o projeto político de um governo interino que, desde seus primeiros anúncios, ameaça impor cortes orçamentários e medidas privatistas e obscurantistas para a educação, a ciência e a tecnologia, que não fizeram parte de nenhum programa aprovado nas urnas pela sociedade brasileira.

 

São Paulo, 31 de maio de 2016

Assembleia Geral da ADUSP

Utilizamos cookies

Utilizamos cookies neste site. Você pode decidir se aceita seu uso ou não, mas alertamos que a recusa pode limitar as funcionalidades que o site oferece.