1) Indicar ao Fórum das Seis que leve para a terceira reunião de negociação com o Cruesp, em 25/5 próximo, a proposta de que seja concedido o ICV do Dieese (8,36%) como reajuste salarial em maio/2015, abrindo mão, neste momento, dos 3% reivindicados a título de compensação de perdas anteriores. Isso sem prejuízo de alternativas, algumas das quais foram discutidas na assembleia, que o Fórum das Seis entenda ser oportuno apresentar no sentido de fazer avançar a negociação com os reitores;

2) Intensificar o trabalho de esclarecimento e denúncia do caráter arbitrário e da lógica opressiva de atuação da Comissão Especial de Regimes de Trabalho (CERT), promovendo o devido apoio aos colegas que têm sido atingidos pelos atos da referida comissão (vide texto na p.6 desta edição);

3) Convidar todos os colegas que vêm enfrentando questionamentos, solicitações ou decisões arbitrárias da CERT para um reunião na sede da Adusp, no dia 1°/6/2015, às 13h, com a Comissão de Atendimento aos Docentes e membros da Diretoria da Entidade, garantida a privacidade dos participantes, com o objetivo de trocar informações e discutir sobre a melhor forma de proceder quanto às situações relatadas;

4) Aprovar a seguinte moção de apoio aos moradores da ocupação “Douglas Rodrigues” da Vila Maria:

“Os docentes da USP, reunidos em Assembleia Geral no dia 20/5/2015, declaram seu apoio aos moradores da Ocupação “Douglas Rodrigues” da Vila Maria e seu repúdio à decisão judicial que possibilita a reintegração de posse de um terreno que já se encontra penhorado pelo Governo Federal, por débitos de R$ 1 bilhão. No mesmo sentido, solicitam que o prefeito Fernando Haddad decrete a área de ocupação como de “Interesse Social”, tendo em vista proteger essa comunidade da violência da desocupação e garantir seu direito à moradia digna.” ;

5) Aprovar a ampla divulgação das ações e propostas que as Centrais Sindicais e o Andes Sindicato Nacional estão fazendo para o dia 29/5, “Dia Nacional de Luta”, destacando a relevância das bandeiras comuns que referenciam essa luta.

Informativo nº 400