1. Pela paralisação no dia 24 de junho com a seguinte agenda:

  • manhã: realização de plenária dos 3 setores
  • tarde: participação no Seminário do Andes-SN com o tema “Em defesa da vida e da Educação” 
  • noite: participação no evento da APG USP São Carlos com o tema "Acolhimento Psicossocial: Como manter a saúde mental na pandemia?"

2. Por um plano de recomposição salarial. Chega de arrocho! Sem propostas concretas na reunião com Cruesp do dia 15 de julho - indicativo de greve!

3. Pela realização de plenárias nas unidades com a seguinte pauta:

  • contra a descaracterização da universidade
  • defesa da universidade pública, gratuita, de qualidade, laica e socialmente referenciada
  • por melhores condições de trabalho e estudo
  • pela permanência estudantil (pagamento de auxílios, moradia, saúde mental etc.)
  • pela recomposição de pessoal
  • construção do plano sanitário e educacional (leia a circular 202 do Andes)

4. Reforçar a chamada para leitura da carta às/aos estudantes nas telas de aula (link para a carta)

5. Divulgar atos do dia 19 de junho

6. Divulgar decisões das unidades de não ranqueamento no processo de progressão horizontal

7. A Adusp deve analisar os formulários de Avaliação Institucional

8. Atualização do programa da Adusp para a USP visando à eleição reitoral

Utilizamos cookies

Utilizamos cookies neste site. Você pode decidir se aceita seu uso ou não, mas alertamos que a recusa pode limitar as funcionalidades que o site oferece.