A Marcha pela Ciência voltará a ter uma manifestação presencial em 2022, depois de ser realizada apenas em formato remoto nos últimos anos por conta da pandemia de Covid-19. Em São Paulo, a marcha ocorre nesta sexta-feira (8/7), a partir das 16h, no vão do Masp, na Avenida Paulista.
 
A atividade é promovida pela Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) e outras entidades e celebra também o Dia Nacional da Ciência e do Pesquisador Científico e o aniversário da SBPC.
 
Neste ano, o tema do evento é “Ciência para Todos: Não aos Cortes! FNDCT e ICMS ficam!”. As entidades protestam contra os cortes do governo federal nos investimentos em ciência, pesquisa e educação.
 
O mais recente “bloqueio de verbas”, como o governo de Jair Bolsonaro (PL) chamou eufemisticamente a medida, congela R$ 2,5 bilhões do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) e R$ 1,6 bilhão do Ministério da Educação (MEC).
 
Recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tenológico (FNDCT), sequestrados pelo Ministério da Economia, devem ser direcionados para a rolagem da dívida pública. Isso significa que o dinheiro arrecadado com objetivo especificado em lei federal será, mais uma vez, desviado para outra função.
 
A prática do governo Bolsonaro de asfixiar a ciência brasileira atinge todos os setores. As bolsas de pós-graduação, por exemplo, não têm reajuste há nove anos. A Associação Nacional de Pós-Graduandos (ANPG), uma das promotoras da marcha, alerta que o valor pago pelas bolsas de mestrado (R$ 1.500,00) e doutorado (R$ 2.200,00) não é suficiente para a tarefa de formar nova(s) cientistas e pesquisadora(e)s.
 
Apenas para repor a inflação medida pelo IPCA desde 2013, os valores deveriam ser, respectivamente, de pelo menos R$ 2.450,00 e R$ 3.600,00.
 
A Marcha pela Ciência de 2022 terá ainda uma aula pública em formato remoto com a presença do presidente da SBPC, Renato Janine Ribeiro, professor da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP, e da coordenadora-geral do Grupo de Pesquisa SOU_Ciência, Soraya Smaili, ex-reitora da Univesidade Federal de São Paulo (Unifesp), com início às 13h.
 
A SBPC também promove uma série de eventos para marcar o Dia Nacional da Ciência. Veja aqui a programação.
 
Utilizamos cookies

Utilizamos cookies neste site. Você pode decidir se aceita seu uso ou não, mas alertamos que a recusa pode limitar as funcionalidades que o site oferece.