Geraldo José da Cunha

O servidor aposentado Geraldo José da Cunha, ex-diretor de base do Sindicato dos Trabalhadores da USP (Sintusp), mais conhecido como Geraldinho do Butantã ou “Fininho”, faleceu aos 67 anos no Hospital das Clínicas, vítima de pneumonia provocada pela Covid-19. Era militante dos movimentos sociais e do Partido dos Trabalhadores (PT).

“Pessoa simples, com baixa escolaridade, mas com inteligência notável, acima da média! Era capaz de discernir com nitidez as mais intricadas situações políticas e se posicionar com tranquilidade e elegância. Estou triste! Militamos juntos na USP e nos bairros do Butantã e Jaguaré — aprendi muito com ele”, declarou no Instagram o professor Claudemir Belintane, da Faculdade de Educação.

“Que a imagem de Geraldinho prevaleça sempre encantada, pois ele tinha a dom mais belo do ser humano, que é a dedicação e a solidariedade em relação aos mais necessitados. Faço questão de registrar aqui minha homenagem e meu carinho a esse notável guerreiro! Saibam todos que se a postura de Bolsonaro continuar a mesma, a Covid-19 estará cada vez mais próxima de nós”.