Produto foi doado por uma multinacional e está sendo processado e fracionado pela Faculdade de Ciências Farmacêuticas da USP. Distribuição começa a ser feita nas próximas semanas

RAP-Butantã

Famílias do Jardim D'Abril receberam cestas básicas nesta quarta-feira

Uma nova parceria firmada pela Rede de Apoio Popular Butantã em Combate ao Coronavírus (RAP-Butantã) vai permitir a distribuição de cerca de 30 mil frascos de álcool etílico hidratado 70º, indicado para desinfecção e higienização, auxiliando na prevenção da Covid-19.

O produto foi doado pela multinacional BASF, e o processamento e o fracionamento estão sendo realizados pela Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCF) da USP. As embalagens — as chamadas almotolias — de 275ml foram doadas pela Unidade Mário Amato do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), em São Bernardo do Campo.

A professora Primavera Borelli Garcia, diretora da FCF, explica que desde o início da pandemia a unidade tem uma autorização especial da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para produção e envase de álcool em gel e álcool 70º. "O fracionamento está sendo feito com toda a padronização, rigor técnico e assepsia para um produto de uso externo", diz a respeito do produto que será distribuído pela RAP. A responsabilidade pelo processo é da professora Maria Aparecida Nicoletti, docente do Departamento de Farmácia da FCF.

A RAP-Butantã, que conseguiu um desconto significativo com um fornecedor para a impressão dos rótulos, espera iniciar a distribuição por volta do dia 20 deste mês. A ideia é beneficiar cerca de 5 mil famílias, entregando seis frascos para cada uma.

A distribuição não ficará restrita às famílias cadastradas que vêm recebendo cestas básicas desde abril. “Temos contato com numerosas redes em comunidades como o Jardim D’Abril, Cohab Raposo Tavares, Vila Dalva, São Remo e outras”, diz Lester Amaral Junior, da coordenação do Coletivo Butantã na Luta, um dos grupos integrantes da RAP-Butantã. Também há tratativas para que as Unidades Básicas de Saúde (UBS) da região possam entregar o produto às pessoas que procuram atendimento.

Rede de solidariedade já distribuiu mais de 15 toneladas de suprimentos

RAP-Butantã

Senai doou os frascos para distribuição do álcool 70º

A RAP-Butantã entrou no quinto mês de ações de distribuição de cestas básicas às 240 famílias cadastradas em comunidades da Zona Oeste. Até o momento, já foram entregues mais de 15 toneladas de suprimentos. A ação mais recente ocorreu no Jardim D’Abril na última quarta-feira (9/9).

Além do reforço nos gêneros alimentícios, as cestas fornecidas pela rede contêm itens de higiene e limpeza, como água sanitária, absorventes, sabonete, papel higiênico e máscaras de proteção.

“Inicialmente prevíamos que essas ações durariam três meses, mas já chegamos a cinco meses e temos muita vontade de avançar até que a crise da pandemia passe”, enfatiza Ellen Amaral, que atua na Pastoral da Criança da Comunidade Natividade do Senhor, na Vila Universitária, e é voluntária na RAP-Butantã. Ellen reforça a importância da manutenção da entrega das cestas básicas num momento em que o preço de muitos produtos sofreu grandes aumentos.

A coordenação da rede já tem discutido formas de atuação nas comunidades para o período pós-pandemia, mas a continuidade da assistência a essas famílias, fortemente atingidas pela crise sanitária e econômica, continua sendo fundamental — e depende exclusivamente das doações.

O montante de doações recebidas desde o início das atividades da rede acaba de superar os R$ 100 mil, valor integralmente destinado à compra das cestas básicas e de outros insumos para o trabalho da rede.

A RAP-Butantã é uma iniciativa da Adusp, do Sindicato dos Trabalhadores da USP (Sintusp), do DCE-Livre “Alexandre Vannucchi Leme” e do Coletivo Butantã na Luta.

As doações podem ser feitas na conta corrente disponibilizada pela Adusp:

Associação dos Docentes da USP
Banco do Brasil
Agência: 4328-1
C/C: 117-1
CNPJ: 51.688.943/0001-90