Várias atividades presenciais e online continuam marcando a mobilização de entidades e coletivos contra o projeto de lei 529/2020, enviado pelo governador João Doria (PSDB) à Assembleia Legislativa (Alesp).
 
A partir das 19h desta sexta-feira (28/8), o professor Rodrigo Ricupero, presidente da Adusp, participa de uma live que vai debater a necessidade de derrotar o PL 529. A atividade é organizada pelo movimento Rebeldia e terá também a participação do professor Lucas Simabukulo, da rede municipal de São Paulo, pré-candidato a vice-prefeito pelo PSTU, e mediação de Mandi Coelho, estudante de Letras da USP. A live será transmitida pela página do Rebeldia no Facebook.
 
Também no final da tarde desta sexta-feira foi organizada em Guarulhos uma carreata em defesa da Fundação para o Remédio Popular (FURP), uma das quatro fundações públicas extintas pelo PL.
 
Neste sábado (29/8), às 15h, o DCE-Livre da USP “Alexandre Vannucchi Leme” realiza uma reunião aberta contra o PL 529. A atividade será transmissão pela página do DCE no Facebook.
 
Na próxima quarta-feira (2/9), às 19h, o Instituto de Estudos Avançados Polo Ribeirão Preto da USP (IEA-RP), por meio da Cátedra Sérgio Henrique Ferreira, promove a conferência virtual “A ciência e o ensino superior em risco: as consequências do PL 529/2020”.
 
Os debatedores serão Luiz Eugênio Mello, diretor científico da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), Mozart Neves Ramos, titular da Cátedra e integrante do Conselho Superior da Fapesp, e Oswaldo Baffa Filho, docente da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto da USP e ex-coordenador do IEA-RP. A moderação será feita pelo coordenador do instituto, Antônio José da Costa Filho. A transmissão será feita pelo canal do IEA-RP no YouTube.