A Diretoria da Adusp endossa a “Carta às Brasileiras e aos Brasileiros em defesa do Estado Democrático de Direito!” e convoca a categoria a assinar o documento.

A redação e divulgação da Carta foi uma iniciativa de docentes da Faculdade de Direito da USP e personalidades do campo jurídico, atendendo à urgência do momento. Inicialmente divulgada com cerca de 3 mil assinaturas, já conta com quase 800 mil adesões de pessoas físicas e mais de 180 entidades.

A decisão da Diretoria da Adusp de assinar o documento se justifica pelos reiterados ataques ao Estado Democrático de Direito e ao processo eleitoral por parte do Presidente da República e de setores e pessoas que o apoiam.

Reafirmamos valores que nos são muito caros e que, no nosso entendimento, devem alicerçar a democracia: o necessário combate às opressões, sobretudo a de classe, e a participação da sociedade civil organizada. Entendemos, ainda, que as desigualdades sociais existem por conta do pacto político estabelecido entre os setores dominantes da sociedade. Defendemos e lutamos para que saúde, educação, habitação e segurança públicas sejam direitos inalienáveis providos pelo Estado a todas e todos, sem distinção.

Aderimos ao documento porque compreendemos sua inegável importância histórica diante da urgência do momento, reunindo diferentes setores para cumprir o objetivo central do manifesto: a defesa do processo eleitoral e de um Estado Democrático de Direito!

É necessário derrotar o golpismo e reforçar a luta nas ruas!

Fora Bolsonaro e Mourão!

 

A Diretoria da Adusp

São Paulo, 8 de agosto de 2022

Utilizamos cookies

Utilizamos cookies neste site. Você pode decidir se aceita seu uso ou não, mas alertamos que a recusa pode limitar as funcionalidades que o site oferece.