Caso da Poli: uma contestação

“Prezados colegas,

Na qualidade de representante dos professores associados na Congregação da Escola Politécnica devo dizer que fiquei profundamente ofendido com a insinuação de que o Prof. Dr. João Batista de Aguiar não teve amplo direito à defesa, como está implicado na matéria ‘Perda de RDIDP na Poli’. Afirmo a vocês que sou testemunha de que os recursos apresentados pelo referido professor à Congregação foram amplamente discutidos e, por três vezes, rejeitados por ampla maioria de votos (sem viés, ou seja, assistentes doutores, associados e titulares votaram). O mérito da questão, ou seja, o relatório que justificou sua passagem de RDIDP a RTP, nunca foi questionado nem mesmo pelo próprio professor. Com o passar do tempo o professor passou a sustentar que sua produção teria aumentado, justificando sua permanência no RDIDP. Foi entendimento de toda a Congregação que neste caso o docente deveria solicitar seu reingresso no RDIDP, submetendo-se a novo estágio probatório, e não solicitar a anulação da decisão anterior. Por fim, quero adicionar que um colega que não cumpre com suas obrigações é tão prejudicial a nós docentes quanto os baixos salários que recebemos e a alta carga didática a que estamos submetidos e que seu boletim incorreu em grave erro ao veicular apenas a versão que o professor apresenta aos fatos e não permitir que a outra parte tivesse voz.”

Cláudio Geraldo Schon
Professor associado (EP)

 

Nota da Redação- Reafirmamos que o último relatório do docente João Batista de Aguiar ao Conselho do Departamento foi encaminhado com parecer favorável à sua permanência em tempo integral. Esclarecemos que o docente recorreu de todas as decisões que lhe foram adversas nas diversas instâncias da unidade, e que aguarda que seu processo seja examinado pelo Conselho Universitário. Continuamos julgando absurdo e ilegal submeter alguém a um período experimental de 18 anos. Há quem tenha opinião diversa, sabemos agora.

 

Matéria publicada no Informativo Adusp nº 269

Utilizamos cookies

Utilizamos cookies neste site. Você pode decidir se aceita seu uso ou não, mas alertamos que a recusa pode limitar as funcionalidades que o site oferece.