A Associação dos Docentes da Universidade de São Paulo (Adusp), Seção Sindical do Andes-Sindicato Nacional, lançou um convite a “todas as entidades, sindicais ou não, representativas dos professores do ensino público e privado, em todos os níveis, bem como associações ou coletivos de docentes de caráter regional ou setorial, os cursinhos populares e representantes dos professores das escolas e universidades mobilizadas”, para que participem de uma reunião a realizar-se em 22/11, quinta-feira, às 18 horas, na Sala Francisco Morato (Sala dos Estudantes) da Faculdade de Direito da Universidade de Sâo Paulo (Largo São Francisco, 95), com a finalidade de criação de uma organização unitária contra o movimento “Escola Sem Partido”.

De acordo com o convite, a Adusp propõe a organização de “ações concretas e unitárias em defesa da educação e de todos os colegas, direta ou indiretamente, ameaçados pelos defensores da dita ‘escola sem partido’ ou afins, que procuram através da intimidação a imposição na prática de uma escola, na verdade, de ‘partido único’, com o cerceamento da democracia e da pluralidade de ideias”.